Total de visualizações de página

terça-feira, 17 de março de 2009

IRON MAIDEN - 14 de Março de 2009 - Praça da Apoteose - Rio de Janeiro


Tinha tudo pra ser um dos melhores shows da minha vida: uma das minhas bandas prediletas, com um repertório só de clássicos que cobrem a melhor fase. Era como se o seu time fosse jogar a final de campeonato em casa contra o Resende, ou seja, não tem como dar errado. Mas o problema que ás vezes dá errado, o Flamengo que o diga.
Marquei com meu amigo de chegar às 20hs na Apoteose, cheguei só às 20 45h, e deu tempo de ver parte da apresentação da banda de abertura, que eu nem sabia que ia ter. Era o show de Lauren Harris, filha de ningéum menos que Steve Harris (baixista e chefão do Iron Maiden); a menina é uma gracinha mas definitivamente não tem voz pra Rock'N'Roll, seria como se a Madonna cantasse no AC/DC. O som estava muito baixo, e a apresentação foi bem chatinha, tirando a parte divertida de ficar gritando em coro: "Sogrão! Sogrão!".


Então a expectativa foi crescendo, afinal seriam duas horas de clássicos do metal pesado, um repertório acumulado na melhor fase da banda tocado com a experiência adquirida nestes anos, agora contando com uma linha de frente de três guitarras. Além disso era prometido efeitos especiais e super cenários.
De repente, as luzes se apagam, e ouviu-se o discurso de Winston Churchill sobre lutar no ar, no mar e em terra sem se render nunca, e começa o petardo “Aces High”, a galera foi a êxtase.
O som estava muito baixo e embolado, a voz de Dickinson quase inaudível, o baixo, quem diria, sem pressão. Imaginei que fosse por ser a primeira música, mas infelizmente estava errado.
Inacreditavelmente, durante o show todo o som permaneceu péssimo, baixo , embolado, mal regulado. O que é imperdoável pra uma banda com a expressão que tem o Iron Maiden. Fiz questão de mudar de lugar várias vezes pra saber se o problema era a minha posição, mas em todos eles o audio continuava muito ruim.
Outra decepção foi em relação aos efeitos especiais e cenário. Explosões e efeitos especiais bem fracos, com panos de fundo sendo trocados a cada música. A exceção foi a aparição atrás do palco do boneco Eddie em versão múmia, soltando fogos de artifício durante a música "Iron Maiden".

O repertório foi praticamente o mesmo de toda esta etapa da turnê, iniciada em fevereiro. A novidade foi a longa suíte “Rime of the ancient mariner", talvez ao lado de "Fear of the dark" foram as músicas que ficaram com o som melhor, provavelmente por terem andamento mais lento, os instrumentos não ficaram tão embolados.
Foi revoltante, um show só com músicas fodas como "2 minutes to midnight ", "The Trooper", "Wasted Years" e "Run To The Hills" e com um audio tão terrível.
Outra decepção: ainda não inventaram uma função pro terceiro guitarrista Janick Gers, que é quase uma figura decorativa, se revezando em tocar bases e dobrar alguns solos de Adrian Smith.
Durante o bis, na execução de “The evil that men do" houve mais uma aparição de Eddie, dessa vez andando pelo palco na versão da capa do disco "Somewhere In Time".

Só posso dizer q foi bastante DECEPCIONANTE.
Dá raiva de sair dum show desses assim, afinal o repertório praticamente perfeito, banda afiada, público empolgado, tudo para um showzaço.
É revoltante gastar uma grana (o ingresso mais barato de meia entrada foi R$95,00) e ver uma infraestrutura tão ruim.
O meu consolo é que já presencie três apresentações da Donzela, e todas (até com Blaze Bayley nos vocais...ergh!!) foram excelentes em todos os sentidos

E DÁ-LHE RESENDE!!!!

Abaixo o set list completo:
Setlist
Intro: Discurso de Winston Churchill
1. Aces high
2. Wrathchild
3. 2 minutes to midnight

4. Children of the damned
5. Phantom of the opera
6. The trooper
7. Wasted years
8. Rime of the ancient Mariner
9. Powerslave
10. Run to the hills
11. Fear of the dark
12. Hallowed be thy name
13. Iron Maiden
BIS
14. Number of the beast
15. The evil that men do
16. Sanctuary

4 comentários:

  1. Hoje que eu li isso! hauahuahauhaahuahau

    ResponderExcluir
  2. dá pra ver o biqinho do seio da filha do steve harris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Anônimo, vc é um bom observador.
      Foi exatamente por esse detalhe q eu coloquei essa foto no post.
      Abraço

      Excluir