Total de visualizações de página

quinta-feira, 31 de março de 2011

ESPERA POR MÍ, ARGENTINA

No sábado de manhã cedinho estarei embarcando para Buenos Aires. A motivação da viagem é conferir no domingo o show "U2 360º".
Não sei se consiguirei atualizar o Blog de lá, mas prometo que assim que puder farei posts contando detalhes da viagem e do showzaço do U2.
Até breve!

quarta-feira, 30 de março de 2011

OZZY OSBOURNE JÁ ESTÁ NO BRASIL


Ozzy Ousbourne já está entre nós! Hoje fará o primeiro show da turnê brasileira, começando por Porto Alegre. Depois tocará em São Paulo (2 de Abril), Brasília (5 de Abril), Rio de Janeiro (7 de Abril) e Belo Horizonte (9 de Abril).
Sua banda é formada atualmente pelo guitarrista Gus G, o baixista Blasko, o baterista Tommy Clufetos, o tecladista Adam Wakeman. Veja o post com a resenha do seu CD "Scream" Os melhores CDs e DVDs lançados em 2010 (3) - CD OZZY OSBOURNE - SCREAM
Confira abaixo o setlist dos shows que rolaram na Argentina e Chile (respectivamente 26 e 28 de Março) e que provavelmente será o mesmo do Brasil. Espero que entre pelo menos "No More Tears", da mesma forma que em 2008, quando Ozzy a adicionou especialmente para as apresentações no Brasil.
Confira o repertório:

SETLIST:
1- Bark at the Moon
2- Let Me Hear You Scream
3- Mr. Crowley
4- I Don't Know
5- Fairies Wear Boots(Black Sabbath)
6- Suicide Solution
7- Road to Nowhere
8- War Pigs (Black Sabbath)
9- Shot In The Dark
10- Rat Salad (Black Sabbath) - com solo de Bateria e solo de Guitarra
11- Iron Man (Black Sabbath)
12- I Don't Want To Change The World
13- Crazy Train
14- Mama, I'm Comming Home
15- Paranoid (Black Sabbath)

terça-feira, 29 de março de 2011

29 de Março de 2011 - IRON MAIDEN NO HSBC ARENA (RJ)

Depois de todas as confusões, todos esperavam que o Iron Maiden trouxesse alguma surpresa para o show de segunda-feira. Eu esperava por um Setlist maior, talvez contando com clássicos como “Run to the hills” ou "Aces High" que estavam fora do repertório da nova turnê. Mas não rolou nenhum bônus. No final do bis até parecia que ia ter, depois que a banda saiu do palco, as luzes continuaram acesas por um bom tempo, fazendo a platéia acreditar num novo Bis, e gritando “Run to the hills! Run to the hills!”, esperou em vão pela volta dos músicos, que não aconteceu. Foram as mesmas 16 músicas dos shows que o Iron vinha tocando no México, Colômbia, Peru e em São Paulo. Dois anos depois da turnê "Somewhere back in time" que passou pela Apoteose, e que priveligiou os clássicos dos Anos 80, com a exceção de "Fear of the dark", que atualmente é uma das obrigatórias; dessa vez decidiram priorizar na nova tour canções de sua fase mais recente. Oito das 16 músicas saíram de discos lançados a partir do ano 2000: duas do "Brave new world" (2000), uma do "Dance of death" (2003) e cinco faixas (metade do novo disco) do "Final Frontier", o melhor álbum desde "Fear Of The Dark"(de 1993). Bruce Dickinson tentou compensar "babando ovo" dos fãs, elogiando os cariocas, e agradecendo por voltarem para prestigiá-los. E não deixou de comentar com humor o episódio do dia anterior: "Agora temos uma grade novinha, brilhante e muito cara. Vocês não pagaram pela grade, nós não pagamos pela grade. Algum filha da puta pagou pela grade." Os jornais e o site do HSBC falam que houve pouca diferença no número de pessoas no domingo e segunda, mostram algo em torno de mil a dois mil a menos. Mas a impressão que tive era que havia a redução de pelo menos 1/3 do público. Ainda não foi dessa vez que o Iron Maiden mostrou tudo o que os 3 guitarristas podem fazer juntos. Apesar de entrosados, Janicks Gers ainda faz papel secundário, parecendo ter mais importância na parte visual, pois é de longe o mais animado dos 3, correndo e pulando o tempo todo, e sempre levantando a guitarra. Dave Murray e Adrian Smith ficavam mais paradões, e iam ora com Gibson Les Paul ora com Fender Stratocaster, compensando a pouca movimentação com solos matadores. O chefão e baixista Steve Harris demostrou muita energia, correndo e colocando seu baixo galopante como alicerce da banda. Com apoio do grande baterista baterista Nicko McBrain, que mais uma vez mostrou porque é um dos melhores do Heavy Metal, sempre escondido atrás da montanha de tambores e pratos. Bruce parecia um menino, correndo o palco todo sem perder o fôlego, e mostrando que ainda tem muita voz, mesmo com seus 52 anos de idade. Dickinson estava especialmente perfomártico, interpretando as canções com empolgação. O som estava bom, apesar de algumas falhas no microfone de Bruce, e de algumas momentos sua voz tenha ficado baixa. Mas as guitarras, principalemente nos solos estavam primorosas. Estava muito melhor do que em 2009 na Apoteose, aonde o som estava simplesmente horroroso. (Veja a resenha desse show IRON MAIDEN - 14 de Março de 2009 - Praça da Apoteose - Rio de Janeiro ). O cenário era "meia boca", simulando uma base espacial, e em cada música o pano de fundo ia sendo trocado. Achei que um telão no meio do palco fez falta, apesar da presença de dois nas laterais. Eddie não poderia faltar, e apareceu em duas versões. Em "The Evil That Men Do" veio como na capa do novo CD, andando pelo surgiu como gigante de oito metros atrás do palco, com garras enormes. Em "The Number of the Beast" , surgiu o sinistro boneco da besta, que movimentava a cabeça em meio a nuvens de fumaça. As quase duas horas de show agradaram muito a quem queria saborear uma das melhores bandas da história do Rock Pesado. As músicas novas tiveram boa aceitação, e muitas delas foram cantadas pelo público. Canções longas, cheias de partes e mudanças de andamento como a bela "When the wild wind blows", davam um clima diferente, que contrastava com petardos "2 minutes to midnight" e "The Trooper" que eram recebidas com gritos e delírios. É claro que os clássicos geravam mais festa. Uma coisa bacana foi o encontro de gerações; vi algumas senhoras que beiravam os 60 anos, pais com seus filhos, Rockeiros cascudos da velha guarda, molecada, e alguns Emos, todos misturados pra curtir boa música. Esse espírito foi somado ao discurso de Bruce Dickinson antes de "Blood Brothers", quando lamentou os desastres no Japão, e os feridos nos conflitos no Egito e Líbia, destacando que em todos os lugares existem fãs do Iron Maiden, e que não importam as diferenças de raça, religião, língua. A paixão pela banda, pelo Metal e pelo Rock une a todos. SETLIST

Satellite 15... The Final Frontier El Dorado 2 Minutes to Midnight The Talisman Coming Home Dance of Death The Trooper The Wicker Man Blood Brothers When the Wild Wind Blows The Evil That Men Do Fear of the Dark Iron Maiden Bis: The Number of the Beast Hallowed Be Thy Name Running FreeEu fazendo cara de mau, esperando "Pacientemente" o início do show.

segunda-feira, 28 de março de 2011

SHOW DE INCOPETÊNCIA: PRODUÇÃO DO IRON MAIDEN E HSBC ARENA

Ao chegar nas proximidades do HSBC Arena avistei o caos. Fila quilométrica de gente querendo entrar, o que dificultava a passagem dos carros para o estacionamento. O show do Iron Maiden estava marcado para as 20 30h, mas já passava das 21h e eu e meus amigos ainda estávamos do lado de fora.
Com isso perdemos a banda de abertura, Shadowside, que devia entrar no palco as 19h33,mas acabou passando para as 20h.
Havia uma entrada única para todos os setores, dessa forma milhares de pessoas enfrentavam uma fila enorme que andava muito devagar, pois os seguranças faziam revista em cada um que entrava. De repente a fila começou a andar mais rápido; motivo: a revista não era mais feita, era pedido apenas que os homens levantassem suas camisas e as moças passavam direto.
Por falar nas mulheres, elas ainda são minoria nesse tipo de evento, proporcionando uma cena rara, mas muito comum em shows de Heavy Metal: filas enormes para o banheiro masculino, enquanto que o feminino ficava quase que vazio.
Às 21h20, com quase uma hora de atraso, as luzes se apagaramentrou e aparece nos dois telões laterais imagens que sugeriam viagens espaciais, com o playback com a intro de “Satellite 15... The Final Frontier”, do novo álbum. Depois de quase cinco minutos depois a banda entra ao vivo, na segunda parte da canção, levando a galera ao delírio.
Logo no início, Bruce Dickinson parou de cantar e começou a pedir calma, falando para o público dar um passo para trás para não ferir ninguém. O resto da banda continuou tocando a música até o fim, enquanto Bruce ficava olhando o lado direito do palco. Quando a banda parou, Dickinson avisou que uma parte do palco tinha se quebrado, e que voltariam em 10 minutos para que consertassem o problema.
O problema foi que a grade de proteção do lado direito do palco quebrou logo na primeira música, pois na área da pista Vip, apesar do espaço confortável, muita gente se comprimiu na frente do palco e a grade não aguentou.
Os 10 minutos viraram 40, até que o vocalista e uma intérprete deram a notícia que o show teria que ser cancelado por falta de condições de segurança. O engraçado é que a galera ouvia a fala de Bruce com todo respeito, e dava uma sonora vaia quando a tradutora tentava falar, como se a culpa fosse da moça.
O cantor do Iron Maiden pediu calma na saída, falou que os brasileiros são os melhores fãs, e mostrou preocupação de que ninguém se ferisse. Ele pediu que ninguém quebrasse nada na saída para que o show pudesse acontecer na noite desta segunda no mesmo horário. Saí fora o mais rápido possível com medo de tumulto, e vi pessoas quebrando cartazes e chutando portas. Entendo a indignação mas repudio o vandalismo.
É lamentável que um descuido desses na estrutura e falta de organização aconteçam mum evento que cobra ingressos tão absurdamente caros. O show já estava marcado num dia ruim (domingo), e foi remarcado pra uma pior.
Fora os transtornos pras mais de 12 mil pessoas quem chegaram cedo, enfrentaram fila, gastaram grana com condução e em estacionamento caríssimo. Mais lamentável ainda para aqueles que vieram de outros Estados e vão gastar ainda mais com hotéis e troca de passagens.
Além de ser raro que as grandes estrelas do Rock mundial passem pelo Rio de Janeiro, os fãs cariocas ainda enfrentam esse tipo de "perrengue". Parece uma sina, como se Rockeiro carioca só tivesse uma coisa a mais que os outros:
"TEM MAIS É QUE SE FODER".
Sou Rockeiro, moro no Rio, e não quero passar por isso, e também não mereço ir num evento de "Rock" pra ver Ivete Sangalo e Cláudia Leite.
PQP! Salvem o Rock no Rio de Janeiro!
Bruce e a tradutora Fabiana explicando porque o show seria adiado

domingo, 27 de março de 2011

U2 COMEÇA A TOUR SULAMERICANA NO CHILE

O U2 começou a turnê pela América do Sul no dia 25 de Março (na sexta-feira), no Estádio Nacional de Santiago, no Chile. A abertura da tour "U2 360º" fica a cargo da banda Muse. Depois seguem para Buenos Aires para dois shows no Estádio Ciudad Del Plata nos dias 30 de março e dois de abril (nesse estarei lá!!!). Na sequência, São Paulo nos dias 9, 10 e 13 de março. A parte norte americana cancelada por conta dos problemas de saúde de Bono (que operou as costas em maio de 2010) começa dia 11 de maio na Cidade do México e termina dia 30 de julho em New Brunswick, Canadá. O show tem duração de duas horas e maia, e contou com 23 musicas no repertorio. Confira o Setlist da apresentação do Chile, que deverá ser a base dos shows do Brasil e Argentina:

SETLIST
1. Beautiful Day
2. I Will Follow
3. Get On Your Boots
4. Magnificent
5. Mysterious Ways
6. Elevation
7. Until The End Of The World
8. I Still Haven't Found What I'm Looking For
9. One Tree Hill
10. Pride (In The Name Of Love)
11. In A Little While
12. Miss Sarajevo
13. City Of Blinding Lights
14. Vertigo
15. I'll Go Crazy If I Don't Go Crazy Tonight
16. Sunday Bloody Sunday
17. Scarlet
18. Walk On
19. One
20. Where The Streets Have No Name
BIS:
21. Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me
22. With Or Without You
23. Moment Of Surrender

sábado, 26 de março de 2011

ESQUENTANDO AS TURBINAS PARA O SHOW DO IRON MAIDEN - Segunda Parte

Já separei o traje de gala para o show de amanhã do Iron Maiden, estrearei minha camiseta que foi presente de natal da minha amiga Susana. Na verdade, ela nem sabe que deu...
Explicando: a Susana havia me dado uma t-shirt maneríssima do The Doors que havia ficado muito grande. Fui a Rock'N'Roll no Via Parque Shopping pra trocar, mas infelizmente era tamanho único. Fiquei na dúvida com qual ficaria, até que o vendedor me mostrou uma do Iron Maiden importada.
Camisa do Iron Maiden é tão comum que hoje em dia chega a ser clichê, eu mesmo já tive várias. Mas essa era diferente: coisa fina, linda estampa em alto relevo, com Eddie e todos integrantes da banda. Ao ver, Mell disse: "Leva essa pra você ir no show deles...". Fui convencido pelo comentário dela, e guardei a blusinha para esta data tão significativa.
Confiram que belezura:

"U2 3D" - AQUECIMENTO PARA O SHOW DE BUENOS AIRES

Ontem, eu e Mell fomos ao cinema para ver a reestréia de "U2 3D" no Brasil. Como já havia noticiado no blog em "U2 3D" TERÁ REESTRÉIA EM MARÇO DE 2011 NOS CINEMAS , o registro da turnê sul-americana de 2006 voltou em sessões únicas nos dias 25, 26 e 27 de março, sempre às 21h30.
Eu já tinha visto em 2008 numa sala bem vazia, mas pra Mell foi totalmente novidade, acho que ela nunca tinha assistido a um show no cinema, muito menos em 3D. Mesmo sendo um repeteco, posso dizer que foi uma experiência totalmente diferente e muito mais divertida, não só pela nova compania. A sala também foi a mesma, UCI do Norte Shopping, mas o clima era quase que de um show de verdade, com lotação esgotada, e gente cantando, batendo palma e respondendo às ordens de Bono de bater palmas e repetir os refrões. Um modo perfeito de aquecer e entrar no clima pra nova turnê, onde estaremos em Buenos Aires.
A expectativa é ainda maior, pois será nossa primeira viagem internacional, e o primeiro show do U2 pra Mell (segundo pra mim, vi o de 1998 no Autódromo).

sexta-feira, 25 de março de 2011

ESQUENTANDO AS TURBINAS PARA O SHOW DO IRON MAIDEN

Enquanto que no Rio o Iron Maiden tocará no HSBC Arena, em São Paulo a banda tocará no Estádio do Morumbi. Realmente Sampa é a terra do Rock no Brasil; fico imaginando se existisse "Rock In Sampa" seria um evento muito mais organizado e com atrações realmente de peso, e provavelmente não haveria bizarrices como as escalações de Ivete Sangalo, Claudia Leite e Rihanna.
Mas voltando o assunto para a "Donzela de Ferro", fãs paulistas já acampam nas imediações do Morumbi na espera da apresentação que só acontecerá amanhã (sábado, dia 26). A abertura ficará a cargo de Cavalera Conspiracy, dos irmãos Iggor e Max; que é claro, vai rolar apenas em São Paulo...
E no Rio? Na atual conjuntura, é de se comemorar que a turnê do Iron passe por aqui, já que os cariocas foram ignorados em 2008. Então show de abertura chega a ser considerado luxo.
Estou na expectativa para domingo, esperando que o som no HSBC Arena esteja digno da qualidade e da tradição do Iron Maiden, porque na Apoteose em 2009 foi lamentável a péssima qualidade de som (Veja a resenha que fiz do IRON MAIDEN - 14 de Março de 2009 - Praça da Apoteose - Rio de Janeiro ).
O setlist provável das duas noites deve ser o mesmo executado nos outros países sul americanos, veja a lista:

SETLIST (TURNÊ AMÉRICA DO SUL):
01. Satellite 15 ... The Final Frontier
02. El Dorado
03. 2 Minutes To Midnight
04. The Talisman
05. Coming Home
06. Dance Of Death
07. The Trooper
08. The Wicker Man
09. Blood Brothers
10. When The Wild Wind Blows
11. The Evil That Men Do
12. Fear Of The Dark
13. Iron Maiden
14. The Number Of The Beast
15. Hallowed Be Thy Name
16. Running Free

Ok, não é uma lista formidável, faltam vários clássicos, e inúmeras das minhas prediletas, mas dá pro gasto. E vai ter "Running Free" que os caras não tocam há muito tempo.
Além de Rio e São Paulo, o Iron Maiden tocará em Brasília (30 de Março), Belém (1 de Abril), Recife (3 de Abril), e Curitiba (5 de Abril).
UP THE IRONS!!!!

quinta-feira, 24 de março de 2011

SINCRONIA DO FILME "O MÁGICO DE OZ" E O DISCO "THE DARK SIDE OF THE MOON"

"O Mágico de Oz" (1939) foi um filme extremamente revolucionário para época, assim como o LP "The Dark Side Of The Moon", lançado pelo Pink Floyd em1973.
Diz a lenda que o disco foi concebido como trilha-sonora para o filme. Roger Waters , David Gilmour e Cia nunca confirmaram nem desmentiram o possível "The Dark Side Of The Rainbow".
Mas é no mínimo interessante ouvir o CD ao mesmo tempo que se assiste ao DVD de "Mágico de Oz". No último rugido do leão da Metro, ponha o disco pra tocar e veja as coincidências interessantes:
  • Quando Dorothy está na fazenda e ela olha para o alto, no audio surge barulho de avião.
  • O som da caixa registradora no princípio de “Money” aparece exatamente quando Dorothy pisa pela primeira vez a estrada dos tijolos amarelos; que é também o momento em que o filme passa de preto e branco para cores. Outra referência é a aparição da fada dourada;
  • No momento em que a bruxa do Oeste aparece, é tocada a palavra "black";
  • A cena em que Dorothy encontra o espantalho (personagem que alegava não ter cérebro) é acompanhada pela música "Brain Damage" (dano cerebral), e quando a letra da música começa a tocar: "the lunatic is in my head…" (o lunático está na minha cabeça), o espantalho inicia a dançar freneticamente como um lunático;
  • O bater de coração no fim do álbum ocorre quando Dorothy tenta ouvir o coração do homem de lata;
  • No momento em que a bruxa do oeste lança uma bola de fogo contra Dorothy e seus companheiros, a música grita "run!" (corra);
  • No momento que Dorothy encontra Oz, entra a música "Us and Them", soando Us como Oz bem quando aparece a 1a imagem de Oz;
  • Várias frases das letras contidas nas músicas coincidem com os mesmos atos sendo executados pelos atores no mesmo momento;
  • A duração da maioria das músicas coincide precisamente com a duração das cenas no filme.
O Youtube tem vários videos com essa bizarra combinação, mas não encontrei nenhum que tivesse a incorporação desbloqueada pra colocar aqui no Blog. Mas vale a pena conferir.

ELIZABETH TAYLOR, 1932 - 2011

Elizabeth Taylor tinha o que chamamos de beleza clássica. Nariz e boca perfeitos, e grandes e lindos olhos azuis. Uma das mais belas atrizes da história do cinema.
E ainda por cima tinha conteúdo e gênio forte.
Deixo aqui minha humilde homenagem a essa grande mulher.











quarta-feira, 23 de março de 2011

GATAS, FAMOSAS, E COM SUAS CAMISAS DE BANDAS DE ROCK (Parte IX)

Moças bonitas, celebridades charmosas e estilosas usando "Rock T-shirts", essa combinação está rendendo a Nona Edição de "GATAS, FAMOSAS, E COM SUAS CAMISAS DE BANDAS DE ROCK"; que já virou tradição no Blog,como post mensal.

Não deixe de conferir as outras postagens anteriores:

Primeira Parte:
GATAS, FAMOSAS, E COM SUAS CAMISAS DE BANDAS DE ROCK

Bônus:
MAIS UMA GATA, FAMOSA COM CAMISA DE BANDA DE ROCK...

Segunda Parte:
GATAS, FAMOSAS, E COM SUAS CAMISAS DE BANDAS DE ROCK (Segunda Parte)

Terceira Parte:
GATAS, FAMOSAS, E COM SUAS CAMISAS DE BANDAS DE ROCK (Terceira Parte)

Quarta Parte:
GATAS, FAMOSAS, E COM SUAS CAMISAS DE BANDAS DE ROCK (Parte IV)

Quinta Parte:
GATAS, FAMOSAS, E COM SUAS CAMISAS DE BANDAS DE ROCK (Parte V)

Sexta Parte:
GATAS, FAMOSAS, E COM SUAS CAMISAS DE BANDAS DE ROCK (Parte VI)

Sétima Parte:
GATAS, FAMOSAS, E COM SUAS CAMISAS DE BANDAS DE ROCK (Parte VII)

Oitava Parte:
GATAS, FAMOSAS, E COM SUAS CAMISAS DE BANDAS DE ROCK (Parte VIII)
Taylor Momsen de volta em dose quíntopla: Nirvana, Audioslave System Of Down, Velvet UndergroundE terminando com uma ousada e polêmica, onde vem escrito que ela dormiria com o "Pai do Rock".


Agyness Deyn é outra que volta ao Blog, dessa vez de cabelo curtíssimo e usando uma t-shirt da banda britânica Elastica.


Hilarie Burton, a Peyton de "One Tree Hill" com a camiseta do ACDC, mesma banda usada pela futura gata Sunday Rose, filha da Nicole Kidman


Priscila, uma das gostosas do Big Brother, usando uma do Skank customizada.


Miley Cyrus aparece em seis versões: Willie Nelson, Stevie NicksJoan Jett & The Blackhearts, Harley DavidsonCom uma com o símbolo de "Paz e Amor", e mais uma vez usando uma do Iron Maiden (já é a terceira t-shirt diferente da banda)

A namoradinha do Homem-Aranha, Kristen Dust de Iron MaidenE com uma do Festival de Woodstock


A blogueira Maddie B. posa de Megadeth.


A modelo "scene queen" Audrey Kitching também usa Megadeth
Além de Motley Crue e Sex PistolsE fecha puxando o pelotão do Guns N'Roses.
Que continua com as modelos:Bruna Treme e Faith Mary Alice A italiana Chiara Maura e a inglesa Emily Alice
Cecilia B e a blogueira Fernanda P
E a poeta e blogueira filandesa Ida G.


A atriz americana Gillian Zinser de Guns N'Roses, Van Halene Rolling Stones
E por falar em Stones, veja a lista:
Debora Vilalba, jornalista e apresentadora do Sportv e do "Globo Esporte" paulista.

A modelo brasileira Marina Bier
A modelo novaiorquina Natalie

A blogueira Juliana Negrelli

E Kaley Cuoco, atriz Norte-americana, mais conhecida por seus papeis nas séries "The Big Bang Theory", "Simple Rules", e "Charmed". A loirinha também posa usando camiseta dos Beatles:
A modelo Bethany e a blogueira Lia Camargo também usam camisetas do "FabFour",além da blogueira escocesa Claire W


A modelo Anastacia Feelgood e a "scene queen" Jenn Curbstomp usam t-shirt do Kiss.

Assim como a cantora americana Julia Nunes e a atriz britânica Kathryn Prescott

A DJ francesa Miss Kittin usa Kiss e Dead Kennedys

Mais duas modelos "scene queen", Brittany Kramer de Motley Crue e Brookelle Bones de Ramones
Os Ramones tem mais adeptas como a atriz brasileira Monique Alfradique e a modelo Roberta Marques
Drew Barrymore sempre marcando ponto aqui, de Ramones e com uma do Judas Priest em cena do filme "Panteras Detonando" com Cameron Diaz e Lucy Liu.

Emely, dançarina Celta, faz sua arte com camisa do Def Leppard


Kesha, cantora Pop , usa Def Leppard e Harley Davidson


Jéssica Simpson parece ser fã de Bruce Springsteen

Sabrina Sato, ShakiraE a modelo inglesa Katie Price usam estampa de caveira.


A cantora Marina Lima usa t-shirt com a frase "fast to live young to die", idêntica a que Drew Barrymore usou na foto da sétima edição.


Britnay Spears leva na camisa o título de uma canção do R.E.M.


A pornstar Liz Vicious usa camisetas da banda de psychobilly Nekromantix Também do Misfits e posa com a banda de Black Metal Dark Monarchy
A super top model brasuca Raquel Zimmermann com uma do Metallica do LP "Master Of Puppets"

Kriss Star de Metallica de frente e verso


A apresentadora de "Fiz na MTV", Marina Santa Helena com uma bela t-shirt do David Bowie.


Marina Ximenes com uma da Beyonce.



A Mell Santana é linda, mesmo com carinha de quem acabou de acordar