Total de visualizações de página

sábado, 27 de fevereiro de 2010

SALADA MUSICAL

Imagine fazer uma combinação de sorvete de abacaxi, hamburger, espinafre, e por cima de tudo molho shoyo. Indigesto, não é verdade?
Mas seria surpreendente que essa mistureba hipotética, se transformasse numa deliciosa refeição.
Pois bem, os exemplos abaixo seriam os correspondentes na música; elementos musicais que aparentemente não têm nada em comum, mas juntos resultam em algo novo, inusitado, interessante e muito agradável para os ouvidos.

*Orquestra Brasileira de Musica Jamaicana
-Elementos: BIG BAND + BOSSA NOVA + CHORO + REGGAE E SKA

Idealizada pelo músico e produtor Sérgio Soffiatti e pelo trompetista Felippe Pipeta em 2005, a OBMJ tomou vida apenas em 2008. A idéia inicial era tocar música jamaicana de raiz, mas logo veio a idéia de tocar clássicos da música brasileira com a batida do Reggae e do Ska.
A OBMJ conta nasua formação com Ruben Marley no trombone, Marcelo Cotarelli (Funk Como Le Gusta) no trompete e flugel, Fernando Bastos (Orquestra Paulista de Soul, Banda Cara de Pau) no sax tenor e flauta e Igor Thomaz no sax barítono e alto, Fabio Luchs na bateria, Rafael Toloi no Baixo, Lulu Camargo (Karnak, Pato Fu) nos teclados, além de Pipeta (Sapo Banjo) no trompete e flugel e Sérgio Soffiatti (Skuba) nas guitarras e vocais.
Mesmo com um set de Música Brasileira, a orquestra não deixa de apresentar sua primeira composição original, entitulada "Ska Around the Nation". Remetendo ao ska dos anos 60 com improvisos de quase todos os músicos.
Conheci o som ouvindo a gravação de "O Barquinho / Samba de Verão" na MPB FM, e adorei. Procurei mais coisas na net e gostei de tudo que ouvi.
Abaixo a versão deles de "Águas de Março"



*João Pinheiro no CD "João Canta Sade"
Elementos: SAMBA DE RAIZ + SADE

Com sua voz marcante de barítono, o cantor carioca João Pinheiro faz releituras das canções da cantora anglo-nigeriana Sade, famosa por seus deliciosos swings sempre com uma atmosfera cool e jazzística. São dez faixas gravadas no CD "João Canta Sade" (2007), lançado na Europa como 'João Sings Sade' (gravadora independente Sala de Som), aonde transporta Sade para o universo musical brasileiro. Como em "No Ordinary Love" e "The Sweetest Taboo" através de samba, xote, ciranda, afoxé e outros ritmos brasileiros. "Kiss of Life" ganha versão reggae e "Somebody already broke my heart" vira tango.
Confira o video abaixo, pode apreciar sem moderação:



*Apocalyptica
Elementos: VIOLONCELOS + METALLICA E HEAVY METAL + MÚSICA CLÁSSICA


















Os quatro violoncelistas fundadores do Apocalyptica(Eicca Toppinen, Paavo Lötjönen, Max Lilja e Antero Manninen)frequentaram a Academia Sibelius, em Helsinque (Finlândia), onde se conheceram e, em 1993, se juntaram para fazer, por diversão, arranjos com violoncelos para músicas do Metallica.
Em 1996, lançaram o seu primeiro álbum, "Plays Metallica by Four Cellos", apenas com covers de Metallica. Em 1998, lançaram o seu segundo álbum, "Inquisition Symphony", que, contém além de Metallica, músicas de Faith No More, Sepultura e Pantera. Aparecem também três faixas originais compostas por Eicca Toppinen.
Atualmente são três violoncelistas e contam ainda na formaçao com o baterista Mikko Sirén.
Em 2007 foi lançado o seu sexto álbum "Worlds Collide", que conta com a participação de Dave Lombardo do Slayer na bateria, Cristina Scabbia do Lacuna Coil, Till Lindemann do Rammstein, Adam Gontier do Three Days Grace e Corey Taylor do Slipknot.
Pra conhecer um video de uma apresentação ao vivo, com a formação atual:



*Korpiklaani
Elementos: FOLK + HEAVY METAL + MÚSICA FOLCÓRICA FINLANDESA

Korpiklaani vem das raízes de uma banda de música folclórica finlandesa chamada Shamaani Duo, criada por Jonne Järvelä em 1993. Teve seu nome alterado para Shaman onde dois albuns foram lançados antes da mudança para Korpiklaani (que significa Clã da Floresta em finlandês). As mudanças de nome foram sempre acompanhadas pela mudança de estilo.
Usando instrumentos tradicionais do metal, juntamente com rabeca, acordeon e percussão folclórica, resultando em um som interessante, äs vezes engraçado.
Confira a música "Vodka"



*Dread Zeppelin
Elementos: LED ZEPPELIN + REGGAE + ELVIS (FASE GORDO)
Imaginem uma banda tocando os clássicos sagrados do Led Zeppelin, em ritmo de Reggae, com um vocalista gordo que é um cover de Elvis Presley. Esse é o Dread Zeppelin, que apareceu no início da década de 90, colocando o Zeppelin de chumbo na batida da Jamaica. Outra características é de misturar canções de Elvis com as do Led, por exemplo, "Heartbreaker Hotel" com "Heartbreaker".
A associação é interessante, pois o próprio Led Zeppelin já gravou um Reggae no perfeito LP "House Of The Holy", com a canção "D`yer M`aker". Elvis também sempre foi uma influência declarada da banda; e o próprio Rei já declara sua admiração pelos precurssores do Metal.
Robert Plant entendeu a homenagem bem humorada, e já fez vários elogios públicos ao Dread Zeppelin.
Abaixo "Immigrant Song", é de chorar de rir...

Nenhum comentário:

Postar um comentário