Total de visualizações de página

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

26 Anos sem Karen Carpenter


Em 4 de Fevereiro de 1983, morria aos 33 anos uma das vozes mais doces da música pop, Karen Carpenter, a minha vocalista feminina favorita.
Ao lado do irmão Richard, formava a dupla The Carpenters.
Em 1963, eles formavam o "Richard Carpenter Trio", ao lado de um primo que tocava baixo. Karen ficava na bateria e o irmão no piano. Em 1967 assinaram com a RCA, fazendo quatro gravações que permanecem inéditas até hoje, entre elas "Garota de Ipanema". O repertório era basicamente Jazz.
Dois anos depois, já como dulpa e com repertório pop, foram contratados pela A&M Records. Lá gravaram todos os seus discos e sua imensa coleção de sucessos: "(They Long To Be) Close To You", "We've Only Just Begun", "Rainy Days and Mondays", "I Won't Last a Day Without You", "Please Mr. Postman" (cover dos Marvelettes), "Yesterday Once More", "Sing", "Only Yesterday", "Solitaire", "There's a Kind Of Hush" (cover do Herman's Hermits)...
Karen foi vítima da anorexia nervosa, sempre teve horror a engordar, e por mais magra e esquelética que estivesse, achava que precisava perder mais peso.
Um triste fim de um talento raro e de uma voz ímpar, que aliava afinação, beleza no timbre e doçura.


Um vídeo da minha preferida dos Carpenters: "(They Long To Be) Close To You", de Burt Bacharach e Hal David

Nenhum comentário:

Postar um comentário