Total de visualizações de página

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

12.12.12 - ROCK AND ROLL E SOLIDARIEDADE

Ok..Estou atrasado. Mas a desculpa é boa. Na verdade são várias: a correria do final de ano, a falta de tempo, e principalmente os problemas técnicos que venho enfretando com o Blog, que parecem que finalmente acabaram.
Como todos já sabem, aconteceu há exatos doze dias, o "12.12.12: The Concert for Sandy Relief", um evento beneficente para ajudar as vítimas do furacão e tempestade Sandy. Se apresentaram no Madison Square Garden, em Nova York: Bon Jovi, Eric Clapton, Dave Grohl, Krist Novoselic, Pat Smear, Billy Joel, Alicia Keys, Chris Martin, The Rolling Stones, Bruce Springsteen and the E Street Band, Eddie Vedder, Roger Waters, Kanye West, The Who e Paul McCartney.
O show aconteceu para arrecadar fundos para o The Robin Hood Relief Fund, organização que ajudou as vítimas do Sandy nos primeiros momentos com comida, água, cobertores, geradores, entre outras coisas para os moradores de Red Hook, Coney Island, the Rockaways e outras áreas da região.
A Robin Hood ajudou com mais de US$ 8 milhões em doações para mais de 90 grupos diferentes.
O evento teve transmissão ao vivo pelo canal Multishow, e no estilo "Criança Esperança", pessoas do mundo interio podiam fazer suas doações por telefone. Durante a programação, apareciam banderas de diversos países (inclusive o país) com o número para ligar e doar quantias em dólar. Entendo que a causa é nobre, mas acho um disparate os Estados Unidos, os caras que fabricam o dinheiro passarem o pires pedindo uns trocados para o resto do planeta.
Os shows eram intercalados com números de comédia de Adam Sandler e Paul Shaffer, discursos de celebridades e autoridades.
O primeiro a se apresentar foi Bruce Springsteen e sua E Street Band. Ele demonstrou o carisma e presença de palco habituais, e provou que está com o vozeirão em dia. Para o delírio das mocinhas de todas as idades, Bruce convidou Jon Bon Jovi para dividir os vocais em "Born to Run".
Na sequência, veio Roger Waters acompanhado de sua banda, para executarem 5 clássicos do Pink Floyd. Em "Comfortably Numb", Waters convidou Eddie Vedder pra cantar, e o vocalista do Pearl Jam matou a pau! Confira:
Roger Waters & Eddie Vedder - Comfortably Numb
Bon Jovi tocou 4 canções, e retribui o convite, chamando  Bruce Springsteen pra cantar "Who Says You Can't Go Home".
Eric Clapton trouxe sua elegância e seus solos certeiros, que provocaram arrepios na platéia. Encerrou sua participação com um novo arranjo para o blues "Crossroads".
Confira  "Got to Get Better in a Little While":
Os Rolling Stones que completam esse ano 50 anos de carreira, decepcionaram tocando apenas duas canções: "Jumping Jack Flash" (veja o video abaixo) e  "You Got Me Rockin'":
Alicia Keys veio linda, de vermelhoe e de novo penteado. E sozinha ao piano, cantou "Brand New Me" e " No One".
O The Who era uma das atrações mais aguardadas, e superaram as expectativas. Acompanhados por Zaak Starr, filho de Ringo Starr, numa noite inspirada, Pete Towshend e Roger Daltrey esbanjaram vitalidade e boa forma. Daltrey com a garganta em dia, ainda humilhou, cantando de camisa aberta, mostrando abdome sarado aos 68 anos.
Um dos momentos mais emocionantes da noite, foi a homenagem ao saudoso Keith Moon, que apareceu no telão e cantou "Bell Boy".
Veja a perfomance do The Who na íntegra:

Kanye West é o peixe fora d'água. Confesso, não acho graça em Rap, e dormi durante toda sua apresentação.
Billy Joel não goza no Brasil do mesmo prestígio de sua terra natal. Mas em casa ele é um dos maiores astros. Realmente estava bastante a vontade, desfilando seus hits em seu piano.

Chris Martin não levou sua banda, mas abriu sua apresentação com um grande sucesso do Coldplay, "Viva La Vida". Depois chamou Michael Stipe para fazerem um dueto em "Losing My Religion", um dos maiores hinos do R.E.M.
Paul McCartney é o patrão e o dono da festa. Abriu com os Rockões "Helter Skelter" e  "Let Me Roll It". Foi ao piano pra tocar um clássico dos Wings, "Nineteen Hundred and Eighty-Five", e depois convidou Diana Krall em "My Valentine", de seu mais novo álbum "Kisses On The Bottom". Paul pegou seu violão pra mandar a bela "Blackbird".
Veja a apresentação de Paul McCartney na íntegra:
Várias especulações durante a semana diziam que os integrantes remanescentes se reuniriam no show, com Paul McCartney substituindo Kurt Cobain na guitarra e nos vocais. Primeiro foi um boato que saiu no tablóide The Sun. As notícias sobre isso aumentaram no dia do evento benificente, e se espalhavam por portais e jornais. O Guardian passou também a noticiar que rolaria algo com McCartney, Grohl, Novoselic e Smear. Ao longo do dia, os próprios músicos começaram a dar dicas sobre o encontro no Twitter. Horas antes do show, o baixista Novoselic entregou que eles tinham escrito uma música nova com McCartney e que ela era uma mistura de “Helter Skelter” com ”Scentless Apprentice”. Depois disso, Grohl postou uma foto do trio remanescente do Nirvana reunido.
Coube a McCartney acabar com o mistério; ao microfone e anunciou que chamaria três caras que não tocam juntos ao vivo a quase 20 anos. Mas o suspense continuou: Paul vai cantar Nirvana ou não?
Não foi bem isso que aconteceu...
Macca, Grohl, Novoselic e Smear, tocaram a desconhecida “Cut Me Some Slack”, a música feita da soma McCartney + Nirvana, é a primeira prévia do que será a trilha sonora do documentário sobre o estúdio Sound City, dirigido por Dave Grohl.
Em entrevista Grohl afirmou que ele e Paul conversaram por telefone e não queriam fazer um cover de Nirvana ou Beatles. A faixa nova foi gravada há seis meses.
Veja o momento histórico:
 
No fim de sua apresentação, com "Live and Let Die", Paul chamou os bombeiros e policiais que ajudaram e salvaram as vítimas da tempestade e do furacão.
Para encerrar a noite, McCartney pediu que Alicia Keys fosse ao piano pra tocar "Empire State of Mind", com todos os artistas participantes presentes no palco.  SETLIST:

SETLIST:

1 - Bruce Springsteen & E Street Band
- Land of Hope and Dreams
- Wrecking Ball My City of Ruins
-  Born to Run (com Jon Bon Jovi)

2 - Roger Waters
- In the Flesh
- Another Brick in the Wall #2
- Money
- Us And Them
- Comfortably Numb (com Eddie Vedder)

3 - Bon Jovi
- It's My Life
- Wanted Dead or Alive
- Who Says You Can't Go Home (com Bruce Springsteen)
- Livin' on a Prayer

4 - Eric Clapton
- Nobody Knows You When You're Down and Out
- Got to Get Better in a Little While
- Crossroads

5- The Rolling Stones
- Jumpin' Jack Flash
- You Got Me Rockin'

6- Alicia Keys
- Brand New Me
- No One

7 - The Who
- Who Are You
- Bell Boy
- Pinball Wizard
- See Me Feel Me/Listening to You
- Baba O'Riley
- Love Reign O'er Me
- Tea and Theatre

8- Kanye West
- Clique
- Mercy
- Power
- Jesus Walks
- All of the Lights
- Run This Town
- Diamonds from Sierra Leone
- Touch the Sky
- Gold Digger
- Good Life
- Runaway
- Stronger

9- Billy Joel
- Miami 2017 (Seen the Lights Go Out on Broadway)
- Movin' Out (Anthony's Song)
- New York State of Mind
- The River of Dreams
- You May Be Right
- Only the Good Die Young

10- Chris Martin
- Viva La Vida
- Losing My Religion (com Michael Stipe)
- Us Against the World

11- Paul McCartney
- Helter Skelter
- Let Me Roll It
- Nineteen Hundred and Eighty-Five
- My Valentine (com Diana Krall)
- Blackbird
- Cut Me Some Slack (com Dave Grohl, Krist Novoselic e Pat Smear )
- I've Got a Feeling
- Live and Let Die

12- Alicia Keys
- Empire State of Mind (Part II) Broken Down

2 comentários:

  1. Não consegui ver esse show.
    Obrigado pelo excelente resumo dessa noite incrível.
    Beijão

    ResponderExcluir