Total de visualizações de página

quarta-feira, 20 de maio de 2009

SHOW DO OASIS - 7 de MAIO de 2009


Eu já tinha visto dois shows do Oasis: em 1998 no atual Citibank Hall, e no Rock In Rio III; portanto tinha decidido que não iria nesse. Mas como mágica, aos 45 minutos do segundo tempo (já está virando rotina), surge um ingresso grátis!!!
Oito mil pessoas lotaram o Citibank Hall, pra ver os irmãos Gallangher, mas antes tinha a banda de abertura – Cachorro Grande.
Tenho que admitir que não sou fã do Cachorro Grande, não compraria o CD, e dificilmente iria a um show deles. Mais foi bacana ver a apresentação dos caras, primeiro porque são Rock’N’Roll de verdadee na essencia, e só por isso já são melhores do que muita coisa por aí. Segundo, porque eles se mostraram muito “gente boa”, simpáticos, e espertos também, tentando conquistar a platéia elogiando o Oasis, meio que comprando a galera toda. Terceiro, porque o som estava muito bom e alto, como devem ser todos os shows de Rock – inclusive, o som da banda de abertura e estava melhor e mais alto do que da principal, por incrível que pareça. E finalmente porque fecharam seu set chamando Samuel Rosa do Skank pra levar com eles “I Saw Her Standing There” e “Helter Skelter” dos Beatles; não dá pra falar mal de uma apresentação dessas...

O Oasis entrou mais baixo, com “Fuckin’ In the Bushes” servindo de introdução para a entrada de Noel, Liam, Colin Archer (guitarra), Andy Bell (baixo), Chris Sharrock (bateria) e Jay Darlington (teclados), no palco.
Sem rodeios e com uma certa frieza (apesar do agrado de Liam aos fãs da primeira fila, jogando águas), o grupo já mandou seu primeiro clássico, “Rock’n’Roll Star”, do álbum de estreia “Definitely Maybe” (1994), que foi seguida por “Lyla” e “The Shock of the Lightning”, esta segunda tirada de “Dig Out Your Soul” (2008), disco que dá a base de sustentação do repertório desta turnê.
Liam marrento como sempre, usando um sobretudo que mais parecia uma batina, cantando com as mãos no bolso, com o tradicional microfone mais alto e deixando o palco quando Noel assumia os vocais. Já Noel sempre paradão, algumas vezes de costas para a platéia; e me desculpe os fãs, mas nunca gostei muito dele como guitarrista, sempre o achei meio sem pegada.
A banda tinha o público na não que cantava as menos conhecidas e se esgoelava nos grandes hits, como “Wonderwall” e “Supersonic” (a minha favorita) que fecharam a primeira parte do show.
Voltando para o bis com "Don't Look Back in Anger", que transformou o Citibank Hall em um gigante karaokê, "Falling Down"; “Champagne Supernova", também cantada em coro pela plateia; e "I Am the Walrus", dos Beatles.
Durante o show todo o público pediu “Live Forever”, inclusive a cantando antes do bis e no fim da apresentação, mas a banda ignorou os pedidos.
Não dá pra dizer que um show que começa com “"Rock'n'Roll Star" e termina com "I Am the Walrus" seja ruim, mas saí de lá com a sensação de que ficou faltando alguma coisa. E não foi “Live Forever” suplicada pela galera, nem a ausência das minhas duas baladas favoritas “Don’t Go Away” e “Stand By Me”. Acho q faltou entrega, faltou uma banda tocando com tesão como foi o primeiro que eu vi naquela mesma casa de show a 11 anos atrás.


Set List:

"Fuckin' In the Bushes (intro)"
"Rock'n'Roll Star"
"Lyla"
"The Shock of the Lightning"
"Cigarettes & Alcohol"
"The Meaning of Soul"
"To Be Where There's Life"
"Waiting for the Rapture"
"The Masterplan"
"Songbird"
"Slide Away"
"Morning Glory"
"Ain't Got Nothing'"
"The Importance of Being Idle"
"I'm Outta Time"
"Wonderwall"
"Supersonic"

BIS:
"Don't Look Back in Anger"
"Falling Down"
"Champagne Supernova"
"I Am the Walrus"

Um comentário:

  1. Ah, não foi tão em cima da hora assim! rs
    Cara, Cachorro Grande é bom desde quando?? Fala sério, muito ruim! E pior ainda foi ficar pelando saco do Liam e do Noel! Pô, melhor banda de rock do mundo? Faça me o favor né?!
    Eu como fã, admito que eles não são exatamente "uma banda de rock da melhor qualidade", estão mais pra Pop Rock mesmo.
    Quanto ao show, todo mundo sabe que eles são 2 escrotos, isso não é novidade, além de serem hiper antipáticos. No ruim de tudo, eles não ficaram babando ovo dos cariocas. Eu acho o fim da picada esses caras que vêm pra cá dizendo "We love you Rio!!" É uma hipocrisia do cacete!
    No mais, no show foi ótimo, como vc mesmo disse, o som tava bom, não tava lotadão... Falando em lotado, vc contou as 8 mil pessoas? rs.

    ResponderExcluir