Total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de julho de 2010

70 Anos de RINGO STARR

Hoje Ringo Starr completa os bem-vividos 70 anos. A comemoração será esta noite no Radio City Music hall, em Nova York, onde ele fará um show especial.
O segredo para atingir as sete décadas de vida: "Não uso drogas, não bebo álcool e não injeto nada nas minhas veias. A vida é boa". Ringo jura que seus únicos vícios são Rock e brócolis.
Ringo teve papel importantíssimo na carreira e no sucesso estrondoso dos Beatles. Sua relevância para a banda e para a bateria no Rock sempre foram subjulgadas.

Abaixo vou listar alguns motivos para justificar a presença de Ringo Starr na lista dos músicos mais importantes e relevantes da história da música popular:

1)Ele integrou a maior banda de todos os tempos: The Beatles

2)Fez com que muita gente boa começasse a tocar bateria

3)É ídolo de feras como Phil Collins, Alex Van Halen, Mike Portnoy (Dream Theater), João Barone (Paralamas do Sucesso) e Serginho Herval (Roupa Nova).

4)Foi provavelmente o primeiro baterista a usar nas gravações um microfone em cada peça da bateria, melhorando consideravelmente o som do instrumento nos discos.

5)Popularizou um modo Rock de segurar as baquetas (foto ao lado), pois antes de Ringo todos na música Pop seguravam as baquetas da forma tradicional, como mostra a foto abaixo:


6)Ringo é um verdadeiro metrônomo ambulante. Ao vivo ele mantinha o tempo certo sem ter retorno, mesmo em baixo de uma gritaria ensurdecedora das fãs. Em estúdio, no começo da carreira dos Beatles, as gravações eram feitas com todos tocando juntos ao mesmo tempo. Não existiam os "overdubs", se houvesse algum erro, todos tinham que tocar tudo de novo. George Martin fazia com que os Beatles tocassem dezenas de takes da mesma música, e depois ele escolhia as melhores versões, e muitas vezes pegava trechos diferentes de cada gravação da mesma canção e recortava e colava nas fitas de rolo, obtendo a versão final. Isso só era possível porque Ringo mantinha o andamento no mesmo tempo em todas as versões, sem o auxílio da marcação do metrônomo.
Se você toca em alguma banda, sabe que é praticamente impossível manter o mesmo andamento quando se toca a mesma música 15 vezes seguidas. O Ringo consegue....

7)Por ser emotivo, conciliador e amigo de verdade, foi importantíssimo fazendo com que os Beatles coninuassem juntos, apesar das inúmeras crises internas.

8)Foi um dos primeiros bateristas a cantar, e já fazia isso antes de entrar para os Beatles. Serviu de inspiração pra Phil Collins no Genesis, Don Henley no Eagles, Roger Taylor no Queen, Serginho no Roupa Nova, e pra outros bateras cantores. Tudo bem que no vocal ele não era grande coisa, mas também nâo fazia feio, prova disso é sua perfomance na doce "Good Night" presente no "White Album" dos Beatles, lançado em 1967.

9)A bateria de "Come Together", só mesmo um gênio criaria uma linha de bateria tão original. É claro que ele criou inúmeras outras, mas essa é imbatível, confira:



Ele ainda elegeu seu presente ideal: "Paz e amor. É só o que eu quero".
Por essas e outras que desejo longa a vida ao Ringão!

6 comentários:

  1. Tem razão. Ringo merece todo crédito e consideração. Só pelo motivo n° 1 já respeitaria ele, mas todos os outros, inclusive o ultimo já é motivo de admiração e inspirarão.

    ResponderExcluir
  2. alem de tudo isso a criatividade dele pros arranjos e linhas de bateria eram incriveis,ideias bem caracteristicas que se encaixavam perfeitamente e nada comum de ser ver por ae

    ResponderExcluir
  3. Oi Dr Douglas e Samuel,
    muito obrigado pela visita e pelos comentários.
    Viva o Ringão!

    ResponderExcluir
  4. O Ringo é tudo que você falou e muito mais.
    Muito obrigado pelo carinho dispensado ao nosso querido Ringo.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  5. Oi Fátima,
    pra mim o Ringo é como se fosse da família.
    Obrigado pela visita, e volte sempre.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Adorei! Que super defesa! Inquestionável!!!
    Adoro o Ringo e gosto de seu timbre também!
    Eu gosto até daquele narigão, rs...
    Obrigada, JC por mais este belo post!!!

    ResponderExcluir