Total de visualizações de página

terça-feira, 13 de julho de 2010

DIA MUNDIAL DO ROCK

É... Hoje é o Dia Mundial do Rock, mas na verdade pra mim, todo dia é dia de Rock.
A data foi criada a partir do Festival do "Live Aid" que aconteceu no dia 13 de Julho de 1985, simultaneamente em Wembley em Londres e no JOHN F. Kennedy Stadium na Filadélfia. Idealizado e organizado por Bob Gedolf com o objetivo de arrecadar fundos em prol dos famintos da Etiópia, contou com apresentações ao vivo de artistas de peso como Sting, The Who, Paul McCartney, Dire Satraits, David Bowie, Queen, U2, Eric Clapton, Bob Dylan, Simple Minds, Pretenders, Bryan Ferry (com David Gilmour na guitarra), B.B. King, Judas Priest, Beach Boys, Madonna, Santana & Pat Methany, Tina Turner, Neil Young, Sade, Stevie Wonder, Mick Jagger, e Phil Collins (que se apresentou primeiro na Inglaterra e pegou um concorde para poder participar do evento nos Estados Unidos, onde além do seu próprio set, tocou bateria com Eric Clapton e com Led Zeppelin).
Bob Gedolf


O evento ficou marcado por contar com bandas que já não tocavam juntas a anos, como Crosby, Still, Nash & Young. Ozzy Osbourne cantou com o Black Sabbath, o que não acontecia desde 1978. Os membros remanescentes do Led Zeppelin se reuniram para o Festival, mas não usaram o nome da banda, alegando a ausência de John Bonham; Robert Plant, Jimmy Page e John Paul Jones executaram os clássicos "Rock and Roll", "Whole Lotta Love", "Stairway to Heaven"e "Heartbreaker".
Robert Plant, Jimmy Page & John Paul Jones no palco da Filadélfia.


Alguns músicos já anunciados acabaram não aparecendo, como Tears For Fears, Julian Lennon e Cat Stevans. Prince mandou em seu lugar um videoclipe de "4 The Tears In Your Eyes". O Deep Purple também deveria se reunir para o evento, mas o guitarrista Ritchie Blackmore se recusou a participar.
Rolling Stones inicialmente iriam tocar, mas acabou que Mick Jagger resolveu tocar sozinho pra promover seu álbum solo. Com isso os guitarristas Keith Richard e Ron Wood se ofereceram pra tocar com Bob Dylan.
Em 2004, saiu um caixa com 4 DVDs com 10 horas de filmagens, das 16 horas que rolaram no festival, com parte do lucro da venda revertido para caridade. Tenho o DVD e o recomendo muito, apesar da ausência de momentos importantíssimos. Decisões judiciais foram tomadas quanto aos artistas que seriam incluídos e quais deixados de fora, tanto por dificuldades técnicas nas apresentações, falta de imagens originais ou devido aos direitos autorais das músicas. The Four Tops e Crosby, Still, Nash & Young, por exemplo, estão entre os artistas excluídos do DVD. Muitas das canções apresentadas também foram deixadas de fora. Como Madonna, que tocou três canções solo mas teve apenas duas incluídas no DVD - "Love Makes the World Go 'Round", que foi composta especialmente para o show, foi omitida. O Black Sabbath também teve grande parte do seu show preterido; o grupo tocou "Children of the Grave", "Iron Man" e "Paranoid", e só a última aparece no DVD.
Bono do U2 e Freddie Mercury ao vivo no palco de Wembley


Carlos Santana e Led Zeppelin ficaram de fora por pedido dos mesmos. Led Zeppelin defendeu sua decisão de não ser incluído alegando que sua performance foi "abaixo do padrão", mas para demonstrar seu apoio, Page e Plant doaram parte dos lucros do DVD do Led Zeppelin para a campanha, enquanto John Paul Jones contribuiu com parte do lucro de sua turnê norte-americana com o grupo Mutual Admiration Society.
Trabalhando a partir das imagens da BBC e da MTV, várias edições no som e na imagem foram feitas, com o propósito de incluir o máximo de material no DVD. Um exemplo é que muitas canções no DVD tiveram suas trilhas sonoras alteradas. Em um desses momentos, Paul McCartney (que encerrou a moite em Londres) teve de regravar seus vocais para "Let It Be" em estúdio, quase vinte anos depois da apresentação original, pois enfrentou problemas técnicos durante sua perfomance; seu microfone não funcionou nos primeiros dois minutos da canção, não sendo ouvido pelos telespectadores e o público do estádio.
O Live Aid foi transmitido ao Vivo, via satélite para vários países, e apesar influenciou a criação de várias outras iniciativas em prol da África.
Em 2 de Julho de 2005, Bob Gedolf organizou o "Live 8", que contou com shows nos países integrantes do "G8" e África do Sul. O evento aconteceu na véspera do 31º encontro do G8, coincidindo também com o 20º aniversário do "Live Aid". A idéia principal era pressionar os líderes mundiais para perdoar a dívida externa das nações mais pobres do mundo, além de aumentar e melhorar a ajuda e negociar regras de comércio mais justas que respeitem os interesses das nações africanas.
O destaque do evento foi a apresentação do Pink Floyd no Hyde Park, em Londres, com a formação clássica pela primeira vez desde 1981 (foto abaixo). Roger Waters chegou a dizer que nunca mais, sob nenhuma condição, tocariam juntos de novo, e infelizmente seria a última, pois o tecladista Richard Wright faleceria três anos depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário