Total de visualizações de página

domingo, 23 de outubro de 2011

22 de Outubro de 2011 - SADE NA HSBC ARENA (RJ)

O público de 10 mil pessoas era formado basicamente por uma galera entre os 30 e 50 e poucos anos de idade, que parecia esperar há muito por esse dia, já que era a primeira vez que Sade se apresentava no Rio. Isso era demonstrado pelas manifestações da platéia, com gritos e aplausos de pé para cada canção apresentada.
Nas duas horas e dez minutos de show, a cantora desfilou todos os seus hits, acompanhada pelos músicos que estão com ela há mais de 20 anos: guitarrista/saxofonista Stuart Matthewman, o percussionista Karl Bosschen, o pianista Andrew Hale, o guitarrista Ryan Waters e o baixista Paul Deman, além dos backing vocals Leroy Osbourne e Anthony Momrelle.
A abertura é com a nova "Soldier Of Love", onde Sade brota do chão do palco para mostrar que sua voz continua irretocável.
Visualmente o show é impressionante. No telão central cenas ao vivo são mixadas com imagens gravadas, compondo video clipes em tempo real. Há elevadores para Sade e para cada músico, que podem subir e descer, criando diferentes configurações de palco. Cortinas são abertas e recolhidas, formando diferentes cenários. E o efeito mais interessante acontecia nas ocasiões em que uma tela de tecido era erguida por todo o palco, e luzes e imagens eram projetadas sob o palco e banda, com figuras sobrepostos, num resultado belíssimo e original.
Em alguns momentos o show era interrompido, para Sade mudar de roupa; foram feitas umas 4 trocas de figurino, que eram precedidas por solos de integrantes da banda, ou efeitos visuais no telão.
A cantora, ao fim do show, fez questão de apresentar cada integrante da banda, pegando pela mão cada um dos oito músicos, e praticamente homenageava proferindo um texto cheio de carinho e admiração a cada um deles.
E os caras merecem, pois mandam muito bem, em arranjos muito bem amarrados e executados com precisão, sempre com espaço para brilharem em solos. Quem mais se destaca é Stuart Matthewman, que com seu visual "latin lover", arrancava aplausos entusiasmados solando tanto no sax quanto na guitarra.
Foi um sucesso atrás do outro: ''Your love is king', ''Smooth operator'', ''Jezebel", "Is it a crime'', ''Stronger than pride'', ''King of sorrow'', ''Sweetest taboo'', ''No ordinary love'', e ''By your side'', até que uma chuva de pétalas encerra a apresentação, antes do bis com "Cherish the day".
Sade é o que podemos chamar de "Protótipo de Diva", afinal ela preenche todos os requisitos: belíssima voz, charme e carisma. É difícil acreditar que já chegou aos 52 anos de idade, pois ela parece a mesma artista que apareceu em meados dos anos 80, tanto fisicamente quanto pelo canto.
SETLIST:
1 - ''Soldier of love''
2 - ''Your love is king''
3 - ''Skin''
4 - ''Kiss of life''
5 - ''Love is found''
6 - ''In another time''
7 - ''Smooth operator''
8 - ''Jezebel''
9 - ''Bring me home''
10 - ''Is it a crime''
11 - ''Stronger than pride''
12 - ''All about our love''
13 - ''Paradise''
14 - ''Morning bird''
15 - ''King of sorrow''
16 - ''Sweetest taboo''
17 - ''Moon and sky''
18 - ''Pearls''
19 - ''No ordinary love''
20 - ''By your side''
21 - ''Cherish the day''

Um comentário:

  1. Ah, que voz tem essa mulher! Poderosa, é a palavra! E não bastava cantar pra caramba, ainda tem que ser linda! Espetáculo!
    Mas, tenho que dizer que achei toda aquela produção de cortinas, efeitos e trocas de roupa bem desnecessárias. Na minha opinião, ela podia aparecer de roupão no palco que não ia fazer a menor diferença! Ela não precisa de todo aquele efeito visual, que achei exagerado, pra preencher o show, como algumas ditas 'divas' que têm por aí...

    No mais, concordo em tudo com vc disse.

    Bjs

    ResponderExcluir