Total de visualizações de página

domingo, 26 de setembro de 2010

25 de Setembro de 2010 - SHOWS DO CHICAGO & AMERICA (HSBC Arena - RJ)

Numa noite de pura nostalgia, um bom público compareceu ao HSBC Arena pra conferir o show dessas duas legendárias bandas. A abertura coube ao America, com seu folk rock e belas baladas. A dupla remanescente, Dewey Bunnell (guitarra e violão) e Gerry Beckley (teclado, guitarra e violão) abriu a apresentação com a swingada "Tin Man". O som estava abafada e com volume muito baixo, e permaneceu assim durante o show todo. Desfilaram todos os seus sucessos: "You Can Do Magic", "I Need You", "Ventura Highway". Teve direito a "California Dream" , uma cover do clássico do The Mamas and The Papas, que Bunnell explicou ser uma das músicas que embalou a sua festa de formatura no colegial.

Um grande destaque foi a perfeita harmonia dos vocais, com Bunnel e Beckley se revezando na voz principal, e ganhando reforço dos backings feitos pelo baixista.
Encerraram com "Sister Golden Hair", deixaram o palco, mas logo voltaram para o bis e Bunnell disse: "Esquecemos de tocar uma". É claro que não iriam embora sem tocar "Horse with no name". Foi bacana, após os 67 minutos, e do show já encerrado, com a banda já no camarim, o público começou a cantarolar o corinho da canção.

Depois de meia hora de intervalo, foi a vez do Chicago. Iniciaram com um medley de três canções: "Make me smile", "So much to say" e "Color my world", aonde o trio de metais formado por Lee Loughnane (trompete), James Pankow (trombone) e Walt Parazaider (sax e flauta). desde o início colocou pra quebrar. O volume estava um pouquinho mais alto, mas uma banda no nível do Chicago merecia um som melhor.
Além dos metais, outro da formação original é Robert Lamm (teclados e vocais). A banda era completada pelos novos integrantes Jason Scheff (baixo e vocais),Tris Imboden (bateria), Keith Howland (guitarra), Lou Pardini (teclados e vocais) e Drew Hester (percussão). Jason é o responsável em substituir a voz marcante de Peter Cetera, e ele até que se sai bem, cantando canções inesquecíveis como o megahit "Happy Man". Nessa canção o grande percussionita Laudir de Oliveira foi anunciado, e acabou participando de grande parte do concerto.
Mesclando as baladas de sucesso, com temas que iam do jazzz ao soul, o Chicago fez um verdadeiro showzaço. É claro que as doces "Baby what a big surprise", "If you leave me now", "You e the inspiration" e e "Hard to say Im sorry" foram as que mais agradaram ao público, e foram executadas com perfeição.
O naipe de metais era um show a parte; os três juntos pareciam uma orquestra, em músicas como "Im a man" (cover de Spencer Davis), demonstravam técnica em grandes solos. Como uma banda de jazz, faziam improvisos, e durante o Bis levantaram a platéia em "Free" e "25 or 6 to 4", com direito a solos de bateria e duelo de percussão entre Drew Hester e Laudir de Oliveira.


America Setlist:

Tin Man
You Can Do Magic
Don Cross The River
Old Man Took
Daisy Jane
Riverside
I Need You
Ventura Highway
Sleeper Train / Hollywood
The Border
Woman Tonight
Only in Your Heart
California Dreamin
Lonely People
Sandman
Sister Golden Hair

Bis:
Horse With No Name

Chicago Setlist:
Make Me Smile/So Much To Say/Color My World
Dialogue
Happy Man
Old Days
Long Time Lover
Call on Me
Baby what a Big Surprise
Hard Habit to Break
If You Leave Me Now
You e the Inspiration
Beginnings
Im A Man (Spencer Davis cover)
Just You Me
Saturday in the Park
Hard to Say Im Sorry
Feelin Stronger Every Day

Bis:
Free
25 or 6 To 4

Nenhum comentário:

Postar um comentário