Total de visualizações de página

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

"OS MERCENÁRIOS"

No mês passado vi também o "polêmico" novo filme do Stallone. A polêmica começou porque o ator de Rambo filmou no Brasil, mas precisamente no Rio de Janeiro e em Mangaratiba, e após as gravações deu declarações que na verdade refletem a forma provinciana e babaca que os brasileiros tratam os gringos, principalmente quando são famosos. Acho que Stallone só falou a verdade, o problema que ninguém gosta de encarar a verdade.
Fora toda essa discussão, o filme reune um "Dream team" dos atores de fimes de porradaria e explosões: Steve Austin, Randy Couture, Dolph Lundgren, Jet Li, Terry Crews, Mickey Rourke, com destaque para Jason Statham ("Carga Explosiva"), além do próprio Stallone que ainda assina o roteiro e a direção. Só esqueceram de chamar o Van Damme..rssss
É bastante engraçada e quase antológica a única cena do filme que reúne Stallone, Schwarzenegger e Bruce Wills, que são amigos e já foram sócios na cadeia de restaurantes "Planet Hollywood".
Quando era moleque meus filmes preferidos eram da dupla de fortões Stallone/ Schwarzenegger, e fui melhorando meu gosto cinematográfico com o passar dos anos. Mas tenho que admitir que me diverti muito vendo essa produção. Sem dúvida é repleto de clichês, sequências absurdas e mentirosas, mas sem trazer nada de novo cumpre o seu papel de cinema-pipoca: diversão despretenciosa garantida. E engraçado comparar aos antigos filmes, onde Sylvester Stallone sozinho dava conta de eliminar um exército inteiro, hoje em dia ele precisa da ajuda de um monte de marmanjo. É... a idade chega pra todo mundo.
Não posso esquecer de mencionar a excelente trilha sonora basicamente formada por Rock'n'Roll de macho: duas clássicas do Creedence Clearwater Revival ("Born On The Bayou" e "Keep On Chooglin"), uma dos americanos do The Mountain ("Mississippi Queen") e uma dos escoceses do Thin Lizzy (" The Boys Are Back in Town").
Outro destaque que teve a função de embelezar o filme é a mezo brasileira e mezo mexicana Gisele Itié, que começa a sua carreira internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário