Total de visualizações de página

domingo, 3 de outubro de 2010

01 de Outubro de 2010 - CAPITAL INICIAL NA FUNDIÇÃO PROGRESSO (RJ)

A quase exato um ano atrás, assiti ao show do Capital Inicial no Citybank Hall; e como relatei na postagem03 de Outubro de 2009 - CAPITAL INICIAL - Citibank Hall
, eu nunca fui fã da banda. Dessa vez foi o o show do novo disco "Das Kapital", e rolou na Fundição Progresso (Lapa). No ingresso estava marcado que começaria as 22:00 h, mas quando iniciou já passava da uma da manhã. O que já me deixou muito cansado e com mais má vontade.
O show é produzidíssimo, de nível internacional, com lança-chamas, cenário hightech, com telão central de alta definição e vários painéis de leds. A iluminação é extremamente bonita, realmente nota dez.
Já o som não acompanha o mesmo nível. O vocal era continuamente abafado pelas guitarras. E a bateria estava com um som horrível, talvez o pior som de bateria ao vivo que ouvi num show de rock: abafada, sem peso, e com baixo volume.Tenho que admitir que o Capital é a banda da geração dos Anos 80 mais bem sucedida atualmente, com um repertório repleto de hits, na sua maioria da década de 90. Nesse quesito colocam no chinelo, bandas muito melhores como Titãs, Paralamas do Sucesso e Barão Vermelho.
O público eufórico, e Dinho empolgadíssimo comandava a massa como um sumo-sacerdote, como ele mesmo disse na apresentação. O Setlist foi bastante parecido com o do ano passado, até mesmo nas covers: "Que País é Este" (legião Urbana), "Mulher de Fases" (Capital Inicial) e "Whole Lotta Love" (Led Zeppelin) que fechou a noite.
Dessa vez Dinho vestia uma camiseta do Kiss (no Citibank Hall foi uma do AC/DC), e se portou com o mesmo jeito afetado, e com suas interpretações cheias de maneirismos. A mulherada perdia a linha, principalmente quando ele tirava a camisa.
O quarteto teve o uuxílio do tecladista Robledo Silva (que também tocou violão) e pelo excelente guitarrista Fabiano Carelli. Também contou com a participação especial de Fred Nascimento (guitarrista do Tantra, e da banda de apoio que acompanhava a Legião) que tocou violão em "Por Enquanto" e "Primeiros Erros", com direito a incidental de Kashmir do Led Zeppelin.
Com certeza todos que estavam presentes adoraram tudo, e cagaram pras observações que fiz quanto a qualidade ruim do som. O Capital continua fazendo um show perfeito para seus fãs, que vão pra casa extasiados e satisfeitos. E é isso que no fim realmente importa. Não a opinião de um rabugento e cansado blogueiro que preferia ter ido pra casa dormir.
SET LIST:
Ressurreição
4 Vezes Você
Como Se Sente
Que País É Esse
Respirar Você
Natasha
Como Devia Estar
Leve Desespero
Vamos comemorar
Fogo
Não Olhe Pra Trás
Primeiros Erros
Por Enquanto
Marte Em Capricórnio
Fátima
Veraneio Vascaína
Mulher de Fases
O Mundo
À Sua Maneira
Depois Da Meia-Noite
BIS
Todas as Noites
Algum Dia
Independência
Whole Lotta Love


Fotos: Mellissa Santana

4 comentários:

  1. hahahahahahahaha nunca vi uma postagem mais verdadeira! Nossa, quanta sinceridade! Me impressionou, especialmente a parte do "blogueiro rabugento e cansado"

    Como já disse, só vc entende da parte técnica do som, etc. Para os fãs, basta a apresentação do ótimo Dinho!

    Bjs

    Ps: Muito me impressionou o crédito das fotos =D

    ResponderExcluir
  2. Respondendo:
    Minhas postagens sempre são sinceras e verdadeiras.
    Agora, vc forçou em "ótimo Dinho!".
    E parabéns pelas fotos
    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Passamos e gostamos do blog. Gostaríamos que, se pudesse, também conhecesse o nosso. Um abraço!
    http://absintomuitorock.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Valeu galera do Asinto Muito, Parabéns pelo Blog.
    Abraço

    ResponderExcluir