Total de visualizações de página

terça-feira, 21 de junho de 2011

PRIMEIRO DIA (Parte 2) - CHAMPS-ÉLYSÉES E ARCO DO TRIUNFO

Depois de quase duas horas e meia desembarcamos no Aeroporto de Orly, onde meu irmão já nos aguardava. Meu irmão Paulo Ricardo atualmente mora em Paris, dividindo um aconchegante apartamento com sua namorada Letícia. Ambos estão fazendo Pós-Doutorado.
Depois de um banho, eles nos levaram de Metrô, pra começarmos a conhecer a fascinante capital francesa. As estações e os vagões sempre têm a presença de artistas e músicos, e encontramos um logo na primeira vez: um rapaz com seu acordeão tocando aquela musiquinha que o Silvia Santos usava para apresentar os jurados no "Show de Calouros"; aquela do "Pedro de Lara, lá, lá, lá, lá, lá, lá, lá....".
Nem sabia que a música era francesa. E não é mesmo...
Pesquisando na Web descobri que foi inspirada em uma canção muito popular na Rússia na primeira metade do século XX, chamada "Dorogoy Dlinnoyu", que por sua vez inspirou "Those Were The Days", interpretado pela britânica Mary Hopkin. Nos anos 70, esta música foi um grande hit nos EUAS e Inglaterra, gerando versões em outras línguas, como espanhol, alemão e francês, até que foi imortalizada no Brasil pelo "Dono do Baú". Se você ainda não sabe do que se trata, ouça uma gravação da versão original:

Saindo da estação, demos de cara com o belíssimo "Arco do Triunfo" (primeira foto do post). Não subimos porque Letícia está com uma contusão séria no joelho, e pra chegar no topo é preciso encarar uma longa escadaria. Mas é claro que voltaríamos outro dia.
Passeando pela famosíssima Champs-Élysées, e pude constatar que não é verdade que ali só existem lojas caras. Comprei duas t-shirts com estampas da saga "Star Wars" (você poderá me ver usando-as nas próximas postagens), pagando 19,00 euros pela primeira, e a segunda saia por 10,00 euros.
Com duas grandes lojas de CDs/Livros/DVDs/Games, a Fnac e a Virgin, ambas com a promo onde 4 CDs ou DVDs saiam por 20,00 euros. Dessa forma comprei os discos "Tommy" do The Who, Donny Hathaway ao vivo, um duplo do Eric Clapton & Steve Winwood, e o mais recente do Red Hot Chilli Peppers (também duplo) pagando um total de 48,00 Reais.
Ainda levei o Black Country Communion e "Forevermore", o novo do Whitesnake (ambos acompanhados de DVD bônus). Veja a minha cara de criança na loja de doces, ao lado do meu mano:
Andando mais um pouco chegamos no local aonde o genial Santos Dummont morou, quando vivia em Paris.
Fomos na Sephora, gigantesca loja de cosméticos, deixmaos as meninas lá, e fui escondido na Swatch pra comprar o presenete de "Dia dos Namorados", que iríamos passar em Londres. Depois fomos na loja da Nespresso, uma das febres em Paris. Cada um faz uma xícara de café, utilizando uma cafeteira própria, tudo vendido em lojas oficiais, que tem George Clooney como garoto propaganda.
Meu irmao que há um tempo é viciado e especialista em café, gasta a maior grana comprando varios tipos desses abaixo:
Fomos jantar comendo pizza. Isso mesmo, brasileiros comendo Pizza italiana na França. Mas com alguns detalhes, por exemplo: a de calabreza vem com um ovo estalado em cima.
Detalhe importante em todos os restaurantes na França, vinho é muito mais barato que refrigerante. A vantagem que água é de graça, e servida em jarro.
Depois do jantar fomos caminhando até o fim da rua, até chegarmos ao obelisco, que na ponta tem uma piramide de ouro, trazido do Egito por Napoleão.

3 comentários:

  1. Estou adorando seus posts... Beijos!
    Mariana Ferreira

    ResponderExcluir
  2. Oi Mariana, qto tempo! Que bom q vc tá curtindo. Beijão

    ResponderExcluir