Total de visualizações de página

sexta-feira, 24 de junho de 2011

QUINTO DIA - ÀS 3 DA MANHÃ TORCENDO PRO VASCÃO

Já tinha viajado preocupado de como iria acompanhar o último jogo da final da Copa do Brasil entre Vasco x Coritiba. Na casa do meu irmão tem TV a cabo, mas os únicos canais brasileiros são Rede TV e Record News.
Ele disse que tinha um amigo que era assinante da Globo.com, e que o site transmitiria o jogo. Achei estranho, porque nunca tinha ouvido falar nada a respeito.
Outro problema, que por conta do fuso-horário, em Paris a partida começaria as 3 da manhã.
Quando estava perto da hora de começar, confirmei que não ia ter mesmo transmissão pelo site da Globo. Foi aí então que lembrei que o namorado "framenguista" da minha irmã via jogos de "pay-per-view" pela internet. Liguei pra casa, pedi que ela perguntasse qual o endereço do site, e me foi passada uma lista.
Faltando poucos minutos pro início do jogo, achei um que ia transmitir. Até que enfim cunhado serviu pra alguma coisa...
Com todo mundo dormindo, tendo que ouvir com o volume mais baixo possível, e Alecssandro abriu o placar, aumentando ainda mais a vantagem do Vasco.
Mesmo tentando me conter, devo ter soltado algum grito, porque a Mell acordou na hora e perguntou quanto estava o jogo. Respondi "Um a zero, Vascão!". Ela abriu um sorriso e voltou a dormir.
O jogo ficou meio tenso, porque o Coritiba virou pra 2x1 antes de encerrar o primeiro tempo. Mas começou o segundo, e Éder Luís empatou.
Mas o adversário era guerreiro, e na pressão fez 3X2. Na hora fiquei bem preocupado, ainda mais quando Felipe e Diego Souza, os dois mais habilidosos do time foram substituídos.
Foi pressão total, e o que me deixava mais aguniado é que toda hora a transmissão travava, e eu demorava muito pra saber a conclusão de várias jogadas.
Mas a vantagem era do Vasco, e no fim quase que Bernardo empata o jogo. Mas mesmo com a derrota, o Vasco é Campeão da Copa do Brasil 2011. De quebra garantiu uma vaga pra Copa Libertadores de 2012.
Saí como campeão, mais perdi uma noite de sono, pois as 9h já estavam todos de pé. Além do título ganhei uma gripe, pois a madrugada foi muito fria, e vi o jogo todo com um pijama curto. Com isso acordei todo encatarrado e totalmente sem voz. Fiquei nesse estado por quase uma semana.
Mas é claro que valeu a pena, não tem preço acompanhar de tão longe, em Paris, do outro lado do Atlântico, ao Vascão ser campeão!

4 comentários:

  1. Vascooooooooooo, adorei a narrativa de mais um torcedor que ama o Gigante da Colina. Grande abraço José
    Joe

    ResponderExcluir
  2. Valeu, Joe!
    Vasco sempre!
    No Rio, em Paris, Buenos Aires, no mundo inteiro.
    Ano que vem quem sabe? Afinal estaremos na Libertadores, né?
    Abração

    ResponderExcluir
  3. Pooooo que eu assiti o jogo com vc e me ofereci pra te "transmitir" via Skype vc não conta né???

    ResponderExcluir
  4. kkkk
    É mesmo, prima. Cometi uma injustiça ao omitir essa informação

    ResponderExcluir