Total de visualizações de página

segunda-feira, 24 de maio de 2010

22 de Maio de 2010 - FERNANDO MAGALHÃES & RODRIGO SANTOS NO NECTAR

Saimos do show do Pedro Mariano e fomos direto pro NECTAR em Vargem Grande. E uma frase descreve perfeitamente como foi o restante da noite: "Rock'n'Roll, Porra!!!"
As rústicas e agradáveis acomodações da casa receberam dois grandes nomes do Rock nacional: os integrantes do Barão Vermelho Fernando Magalhães e Rodrigo Santos. Fernando abriu com uma apresentação instrumental, com repertório baseado no seu primeiro CD solo, e foi acompanhado por uma banda de peso, que contava com o baixista Roberto Lly (ex-Herva Doce), Marvio Fernandes (guitarra e vocal), o tecladista Sérgio Villarin (da lendária banda Bacamarte) e pelo seu amigo de infância, o baterista Pedro Strasser (ex-Blues Etílicos). Uma sonzeira só! A galera estava inflamada e vibrava muito, o que com certeza empolgou os músicos que visivelmente se divertiam muito. O batera tinha uma cara de maluco, e pelo jeito de tocar e pelas caretas me fez lembrar Mitch mitchel (baterista que tocava com Jimi Hendrix). Sérgio arrepiou nos teclados, e não tinha como vendo ele tocar não pensar no John Lord, pelos timbres distorcidos e pelos solos, e num desses houve uma sitação de "Lazy" do Deep Purple.

Conversando com Fernando após o show, ele disse que se impressionou com a vibração da galera, e que ele não esperava essa reação pra um show instrumental. Mas não tinha como ser diferente, solos rasgantes e com pegada, que ficam longe das chatices virtuosísticas. Sem contar com os arranjos com peso e enxutos, e que permitiam que cada integrante da banda tivesse seu espaço para aparecer e mostrar talento.
No fim o guitarrista foi ao microfone e avisou que iria cantar uma música do Paul McCartney, e levou a clássica "Rockestra" do álbum "Back to Egg" de 1978. Só um detalhe pro show não tirar nota 10: foi muito curto...

Mas Fernando felizmente voltaria pra tocar na apresentação de Rodrigo Santos. Ele é baixista do Barão Vermelho desde 1992, antes já havia tocado com João Penca & Seus Miquinhos Amestrados, Léo Jaime, Lobão (com quem tocou no Hollywood Rock de 1990 e na segunda edição do Rock In Rio)e Paulinho Moska. Com as férias que o Barão tem tirado, Rodrigo tocou com a Blitz e Kid Abelha, e gravou três discos solos. O mais recente que será lançado em breve, foi todo gravado em inglês, e terá uma música inédita de Paul McCartney e outra de John Lennon.
A dupla tocou ao lado de Kadu Menezes, baterista parceiro de Rodrigo nos tempos do Lobão e Kid Abelha. O repertório foi baseado nas bandas e artistas em que o baixista já tocou.
Abriram com dois clássicos baronianos: "Pense e Dance" e "Pro Dia Nascer Feliz", que foi seguido de "Trem Bala de sua carreira solo. Rodrigo tocava com um baixolão que quebrou uma das coras já na segunda música, tocando parte da apresentação com o baixo de Roberto Lly, até que o roadie trocasse a corda.
Do Kid tocaram a versão reggae do hino de Hyldon, "Na Rua, Na Chuva ou Na Fazenda", que contou com "One Love" de Bob Marley como incidental. Anunciou que iria tocar "a música mais linda do mundo", e cantou "Me Chama", que foi precedida por "Corações Psicodélicos", dois sucessos de Lobão.
Rodrigo pegou o violão e Fernando foi pro baixo, pra levarem uma versão blues de "Maior Abandonado", mas problemas técnicos fizeram abandonar o violão. Nova tentativa foi feita em "Por Você" que foi acompanhada de vários chiados. Meio revoltado ele grita: "Foda-se, o negócio é Rock'n'Roll! Vou fazer a contagem, e vocês que se virem: One, Two, Three, Four!", e executaram "I Saw Her Standing There" e "Twist And Shout" dos Beatles.

Foi uma verdadeira celebração ao Rock, principalmente brasileiro, com Secos e Molhados ("Sangue Latino"), Novos Baianos ("Preta, Pretinha"), Legião Urbana ("Que País É ESte?"), Cazuza ("Codinome Beija-Flor").
Foi chamado ao palco Valério, cover do Cazuza, numa assustadora semelhança física, no jeito de falar e na voz; extremamente feliz e realizado ele canta "Por que A Gente é Assim?" e "Ponto Fraco". Todos os músicos do show de abertura também fizeram participações, sendo que Pedro Strasser tocou saxofone na derradeira "Satisfaction". É claro que todo mundo pediu Bis. Então Rodrigo tentou ligar o violão, e dessa vez deu tudo certo...
E então tocaram mais uma dos Stones, "Waiting On a Friend", que está presente novo CD do artista, e que contou com todos os feras no palco. Ainda rolou "Rock and Roll" do Led Zeppelin, que serviu como homenagem a Lula Zeppeliano que foi o produtor do evento.
Não poderia deixar de comentar a perfomance do Kadu. O cara é um animal, ele não toca bateria, ele porra o instrumento. Com fúria e sem pena; impressionante, principalmente porque estava a menos de dois metros do cara. É um baterista de Rock por excelência. Pena que meu irmão Paulo Ricardo e o Pedro (respectivamente baixista e tecladista da minha banda) nao estavam presentes pra vê-lo; porque eles vivem reclamando de mim, dizendo que sou muito esporrento na bateria, eles tinham que conhecer Kadu Menezes.
E minha namorada ainda conseguiu uma de suas baquetas, e me presenteou, pra que eu tivesse mais uma recordação dessa noite.
Sempre sonhei em tocar nos palcos em que Rodrigo e Fernando mostraram seus talentos; é bacana dessa vez vê-los naquele pequeno e especial palco em que já estive tocando por tantas vezes.
SETLIST (SHOW RODRIGO SANTOS):
1- Pense e Dance"
2- "Pro Dia NAscer Feliz"
3- "Trem Bala"
4- "Cara Cara"
5- "Na Rua, Na Chuva e na Fazenda" / "One Love"
6- "Me Chama"
7- "Corações Psicodélicos" / "Preta Pretinha"
8- "Puro Êxtase"
9- "Maior Abandonado"
10-"Por Você" / "Sangue Latino"
11- "Codinome Beija-flor"
12- "I saw her Standing There"
13- "Twist And Shout"
14- "Medley Jorge Ben" / "Que País é Este?"
15- "Por Que A Gente é Assim?"
16- "Ponto Fraco"
17- "Satisfaction"
18- "Waiting on a Friend"
19- "Rock And Roll"

8-

9 comentários:

  1. Maravilhosa esta sua resenha Zé Carlos, pq o show foi simplesmente Rock and Roll e foi pra nós que amamos e curtimos o bom e verdadeiro Rock and Roll com feras!!! Um grande abraço my friend!

    ResponderExcluir
  2. Valeu Lula!
    Fique sempre a vontade para deixar seus comentários; já que você é um grande amante e entendedor do bom e velho Rock and Roll.
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Ronaldo Stones> Zé Carlos eu estava la e concordo com Vc, foi um Grande Show de Rock...Abração !!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Ronaldo,
    é sempre bom poder conferir feras tocando, não é mesmo?
    obrigado pela visita.
    Abração

    ResponderExcluir
  5. ´ZÉ CARLOS SÓ UMA CORREÇÃO:
    ROBERTO LLY AINDA FAZ PARTE DO HERVA , PEDRO STRASSER FAZ PARTE AINDA DO BLUES ETÍLICOS
    UM FORTE ABRAÇO!

    ResponderExcluir
  6. Olá J.C ! Eu posso falar de cadeira pois sempre que posso trago essas feras prá cá (prá cá quer dizer Vitória e região do ES). Desde de 2007 Rodrigo é parte integrante do cenário musical aqui tendo feito mais de 15 shows sob meu comando na contratação e produção. Sou empresário de outras bandas daqui mas sem dúvida, até por ser um grande fã dos 3 (e agora amigo) posso afirmar que é R&R na veia sempre! Abração e sucesso sempre! Wellington Freitas

    ResponderExcluir
  7. Oi Amir , obrigado pela visita e pelas informações.
    Abraço

    ResponderExcluir
  8. Oi Wellington,
    Espirito Santo é terra boa!!!
    Bom saber que tem gente cuidado do Rock and Roll por lá.
    Abração

    ResponderExcluir
  9. Caramba, o Cazuza tá vivo

    ResponderExcluir