Total de visualizações de página

segunda-feira, 31 de maio de 2010

John Bonham faria hoje 62 anos de vida!


Hoje, 31 de Maio de 2010, John Bonham se estivesse vivo completaria 62 anos de vida.
O genial baterista do Led Zeppelin faleceu em 25 de Setembro de 1980, o que levou ao fim de sua lendária banda.
Bonham era alccólotra, e seu vício servia pra acalentar a dor de ficar longe de sua família por longos períodos, fato esse que sempre o incomodou muito. Depois de um ensaio, ele tomou nada mais do que 40 doses de vodka, foi levado pra cama na casa de Jimmy Page, de manhã foi encontrado morto, a autópsia não revelou a presença de drogas no seu corpo. Foi diagnosticado de que Bonham morreu asfixiado pelo próprio vômito, da mesma forma que as estrelas Jimi Hendrix e Bon Scott.
Como já disse em outras postagens, Bonham e Charles Gavin são os responsáveis por eu tocar bateria. Os dois têm em comum a pegada incrível que proporciona peso e estilo característico.
Bonzo era um músico auto-didata, e desde os 5 anos de idade tentava imitar os movimentos dos seus ídolos Gene Krupa e Buddy Rich. Outro que o sempre influencio foi o lunático Keith Moon (do The Who).
John Bonham era fã dos artistas da Motown como James Brown e Stevie Wonder, isso talvez explique o swing que tinha ao tocar. Ele conseguia tocar com um balanço impressionante, e sempre foi um diferencial para os bateristas de sua geração, e também pra todos aqueles que tocam rock pesado. Tocava com firmeza e com alma; sentava a porrada mas sempre tinha em suas levadas algo de dançante.
Usava as baquetas mais pesadas e mais compridas disponíveis na época. Fazia longos solos nas apresentações do Led Zepellin, que chegavam a mais de 30 minutos, e muitas vezes abandonava as baquetas, tocando bateria com as mãos.
Nunca foi o baterista mais técnico do mundo, mesmo no Rock encontramos músicos com mais técnica como Neil Peart e Carl Palmer. Mas é no mínimo ignorância, pra não dizer burrice, dizer que ele era apenas um batera que tocava com fúria. Falando um português clássico: Bonzo tocava pra caralho. É o baterista dos sonhos de qualquer banda de Rock.
Foi Robert Plant que o levou para o Led Zeppelin, o apresentando a Jimmy Page, que logo percebeu o seu talento assombroso. Deixou na banda gravações antológicas, que influenciaram e sempre influenciarão todo menino que um dia se aventurar a sentar numa bateria.
Infelizmente são raros os registros de John Bonham fora do Zeppelin. Eu mesmo conheço poucos. Um deles é "The Hurdy Gurdy Man", canção gravada no disco do cantor Donovan, aonde Page e John Paul Jones também participaram da gravação.
Em 1978, Bonzo participou das gravações da música "Rockestra Theme" do LP "Back To The Egg" de Paul MccCartney e sua banda Wings. Além dele também participaram várias lendas como David Gilmour, Pete Towshend e John Paul Jones.
Pra você entender todos os elogios que fiz ao "Deus do Trovão" sugiro que veja o video abaixo, nele aparece só a bateria de John Bonhan da música "Foll On The Rain", do álbum "In Through The Out Door". Suas levadas são tão precisas que parece que tem alguém tocando contra-baixo com ele, mas não tem, é Bonhan tocando sozinho. Confiram:

2 comentários:

  1. Cara sou muito fã de Led Zeppelin, pricipalmente de Robert Plant,gostei o que voce falo sober John Bonham foi muito bom espero que tenho mais sober o led zeppelin

    ResponderExcluir
  2. Oi Caio,
    obrigado pela visita. Também sou muito fã do Led Zeppelin.
    Se vc procurar no Blog encontrará vários posts sobre a banda e seus integrantes.
    Sugiro que leia a postagem MEU FIM DE SEMANA COM JIMMY PAGE ( http://rocknrollmusic4ever.blogspot.com/2009/12/meu-fim-de-semana-com-jimmy-page.html ), ainde conto o meu inesquecível encontro com Jimmy Page.
    Abraço

    ResponderExcluir