Total de visualizações de página

terça-feira, 5 de abril de 2011

INDO AO ENCONTRO DE BONO EM BUENOS AIRES - Segunda Parte

No dia seguinte a Mell acordou bem melhor, e fomos tomar um maravilhoso café da manhã, onde caí matando nos croissant. Com o estômago mais do que forrado, fomos a pé, até Puerto Madero. O lugar é bem bacana. É um dos projetos de renovação urbana mais bem sucedidos do mundo, abriga alguns dos maiores arranha céus argentinos, além de diversos monumentos, como a bela Puente de la Mujeres, e a Fragata Presidente Sarmiento, o primeiro navio da Argentina que atualmente é utilizado como museu.Cheio de restaurantes e bares finos, mas com preços acessíveis, principalmente para os brasileiros. Quando passamos em frente ao restaurante La Cabaña, chamou-nos a atenção uma vaca empalhada que fica bem na porta. Os garçons perguntaram se queríamos tirar foto. Depois da foto batida, brincaram dizendo que era U$15,00.Depois me falaram que eu parecia muito com um jogador argentino que joga no River Plate. Fiquei curioso em saber quem era, e fizeram questão de anotar o nome pra depois eu conhecê-lo pela internet. Trata-se de Chapulim Cardeti. E não é que o cara parece mesmo comigo...
Sombrancelhas discretas como as minhas. Mas tudo bem, é melhor do que se eles dissessem que pareço com o Tevez.
Em Porto Madeiro encontra-se uma filial do "Hooters", franquia norte-americana famosa por ter as garçonetes com top e shortinhos.
Infelizmente a Mell não autorizou que eu fizesse fotos das meninas trabalhando, então faço uso do Google pr mostrar fotos das moças com seus uniformes de trabalho.Paramos numa lanchonete pra tomar um suco, parecido com raspadinha. É polpa de fruta congelada batida. Uma delícia.Continuamos caminhando e fomos até a Casa Rosada, residência oficial da Presidenta Kirchner. É aberta a visitação, e é de graça.Só visitamos o primeiro andar, porque deveríamos estar no Hotel às 15h pra pegar o ônibus que nos levaria ao show do U2. Lá estão expostos pinturas e retratos de grandes figuras históricas que lutaram pela independência, pela liberdade,e pelo fim das desigualdades nos países latino americanos, como Tupac Amaru, Simon Bolivar, Sandino, Emiliano Zapata, Ernesto Chê Guevara, Salvador Allende e os brasileiros Tiradentes e Getúlio Vargas.
É revoltante que aqui no Brasil praticamente não estudamos a história da formação das nações latino-americanas.
Pintura de Tiradentes doada por Don Luiz Inácio Lula da Silva.


Hay Que Endurecer, Pero Sin Perder La Ternura Jamás!


The Joshua Tree


Depois pegamos um taxi para o Hotel, aonde já nos esperavam ônibus e o guia, que nos levariam ao Estádio Ciudad de La Plata, a casa dos clubes Esudiantes e Gimnasia y Esgrima, localizado em La Plata, a 70 km de Buenos Aires.
Eu e Mell já com os ingressos, no ônibus indo ao encontro de Bono, The Edge, Larry Mullen Jr e Adam Clayton.

Nenhum comentário:

Postar um comentário